Vaginismo

(Paulo Jacob)

vaginismo

Olá!

Hoje vou falar com vocês sobre um problema que atinge muitas mulheres, o vaginismo.

Podemos definir o vaginismo como um espasmo involuntário dos músculos da região da vagina, causando o fechamento da entrada da vagina, ou seja, mulheres que tem vaginismo não conseguem ter relações sexuais, pois a dor que sentem com a penetração do pênis é muito grande.

As causas para que isso aconteça podem ser físicas e não-físicas. As físicas seriam problemas de saúde, parto normal e consequências, mudanças hormonais (com a idade) etc.

Dentre as não-físicas podemos citar ansiedade e estresse, traumas de abuso sexual, problemas de relacionamento (desconfiança do parceiro, ou do novo parceiro) e educação rígida, entre outros.

No consultório vejo como a educação rígida dos pais (e também a religião) com as meninas, que relacionam o sexo como algo ruim, sujo, pecado, e acabam futuramente causando problemas como o vaginismo nas mulheres. Quantas de vocês não ouviram quando criança ou adolescente, que por inocência (ou não..) se tocavam, descobrindo o  seu órgão genital, e foram condenadas por estarem agindo dessa maneira?

Aí quando surge uma oportunidade de sentir prazer, vem uma culpa recalcada que na maioria das vezes as pessoas não lembram, e que causa esse fechamento da vagina, impedindo da pessoa ter relações.

Uma das maneiras de se resolver é fazer com que a pessoa entenda que hoje ela não é mais aquela criança, que ela não precisa ter mais medo de nada, e muito menos culpa! Que hoje ela é uma mulher, que gosta sim de sentir prazer, e que ela irá se dar a oportunidade de ter relações sexuais com penetração! Existem outras formas de se tratar isso, dependendo do quanto isso está enraizado no inconsciente da pessoa, mas o início é o que citei acima.

Desconsiderar os fatores físicos no problema do vaginismo seria um erro, mas quando uma mulher chega no consultório, e fala que já foi ao médico, fez exames e que nada foi encontrado, aí o problema sem dúvida é psicológico. E mesmo que exista algo físico, até que ponto esse problema não foi causado pelo psicológico da pessoa? Então, o acompanhamento de um terapeuta auxilia e muito na solução desse problema. É o mesmo caso em relação aos problemas masculinos de ereção e ejaculação precoce, mas isso eu vou escrever um outro dia.

O nosso inconsciente age no nosso consciente muito mais do que imaginamos, então se existe algo que está causando isso, não serão tratamento mágicos que são vendidos no mercado que irão resolver isso. De nada adianta tratar do sintoma, se a causa que criou isso não for descoberta.

Tenham uma ótima semana!

4 pensamentos sobre “Vaginismo

  1. Olá Moises, tudo bem?
    Depende muito do que você pretende fazer nessa área, pois caso queira trabalhar em algo que necessite emitir laudos, o curso de psicologia é o que você precisa. Mas caso queira para atendimento em consultório (sem necessidade de laudos), a psicanálise vai te possibilitar isso.
    Caso você ainda não tenha um curso superior, seria interessante fazer a psicologia, já que para fazer um curso de psicanálise é obrigatório um curso superior, aí você já aproveita e faz algo da área. Mas caso já tenha um curso superior, e queira começar a trabalhar em atendimentos, então comece na psicanálise e depois se achar importante, faça psicologia.
    Não sei o quanto você se informou sobre o assunto, mas tem essa página que explica sobre as diferenças entre psicanálise, psicologia e psiquiatria. Um ponto que eu acho interessante comentar, é que nessa matéria da Veja, a psicanálise é algo que é muito procurado por ambos profissionais (psiquiatras e psicólogos), de repente pelo fato de que a psicanálise aprofunda muito mais nos problemas a serem tratados nos pacientes (na raiz do problema), o que não ocorre nas outras profissões, pois ambas atuam mais no presente.

    http://veja.abril.com.br/noticia/saude/psicologo-psiquiatra-ou-psicanalista-saiba-quais-sao-diferencas

    Espero ter te ajudado, e caso queira tirar mais alguma dúvida me escreva – pjsbrasil@gmail.com

    Abraços,

    Paulo

  2. ola boa noite. tenho me interessado muito por psicologia e psicanalise. gosto de procurar entender as pessoas e de ajud-las. de ouvi-ls. mas tenho uma duvida, qual seria melhor? tentar uma faculdade de psicologia e uma ps em psicanalise ou vice e versa? e em quanto tempo isso levaria? gostaria de uma ajuda profissional sobre isso. desde ja agradeo a ateno!!!

  3. Pois é… descobri depois que terminei meu casamento!!! Sofri demais durante o período da gravides e depois sentia muita dor na hora do ato sexual… cheguei a ir em 3medicos diferentes,pois achava q o problema era comigo!!! Cheguei a pensar que estava frígida… e meu ex me humilhava e me cobrava sempre… até um dia eu procurar um psicólogo e ele me dizer o que eu tinha… Hoje depois de 1 ano separada pude ver o que passei… as humilhações q vivi a dor que senti e só para satisfazer ele!!! Hoje descobri o que é ter amor próprio e o que é ter prazer… Agradeço aos psicólogos por me ajudarem!!!

Escreva aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s