Você está viciado em alguém?

(Paulo Jacob)

dependencia_afetiva

Olá, como vai? Espero que bem!

Já parou para pensar o quanto você pode estar viciado em alguém? É, eu falei viciado! Pode parecer forte eu usar essa palavra quando me refiro a alguém, pois “viciado” está geralmente relacionado ao uso de drogas (lícitas ou ilícitas), e drogas são coisas que fazem mal as pessoas.

Então, se eu uso essa palavra me referindo a uma pessoa, e não a algo que me faz mal, como pode uma pessoa me fazer mal? Pois se estou viciado, isso significa que ficar com alguém por muito tempo pode me fazer mal? Como assim, se a cada vez que estou com ela, eu me sento muito bem?

Pode parecer muito louco, mas o que eu escrevi acima pode ser usado para qualquer tipo de vício que uma pessoa possa ter. Basta apenas trocar o objeto que se está viciado, que dá certo do mesmo jeito. Até por isso os viciados se permitem (como se tivessem real controle) continuar usando da “droga” que os satisfazem, pois se me faz bem (em senti bem), por que parar?

Pesquisei na Internet a origem da palavra “vício”, e o que eu encontrei foi:

VÍCIO: vem do Latim VITIUM, “defeito, ofensa, imperfeição, falta”, tanto física quanto moralmente.

O que falta em você para que acabe se viciando nas pessoas? Qual defeito ou imperfeição você tem? Falta se sentir segura e/ou reconhecida por exemplo? Estar junto daquela pessoa amada te faz se sentir segura, se iludindo que ela estará ao seu lado para o resto da sua vida, ou que ela sempre será sua e de mais ninguém? E o reconhecimento que ela pode te proporcionar? Se ela for rica, poderá te dar carros, casas, viagens, etc. Se ela for inteligente, você poderá falar para todo mundo que ela está com você, e assim fará você se sentir melhor pois estar ao lado de alguém reconhecidamente inteligente dá status, não? E se essa pessoa for poderosa, seja apenas por um cargo importante em uma empresa? Te dará mesma oportunidade de ter status perante aos que te conhecem?

O que te falta para estar viciado em alguém? Por acaso todo essa superioridade que o seu companheiro tem, preenche o seu sentimento de inferioridade? Você se acha menos inteligente, ou trabalha em um cargo que você julga menos importante, ou dá muito valor para coisas materiais, que o dinheiro do(a) seu(sua) parceiro(a) te faz se sentir mais completa(o)?

Acredite, você é muito mais do que pensa! Quando você se vicia nas qualidades que o outro tem, é porque não acredita que você também as tem. O que você acha de começar a se ver com outros olhos? Aceitar que você pode ter certas coisas para melhorar, mas que também tem muitas coisas melhores que os outros? Cada um tem suas particularidades, e por isso somos todos diferentes!

O vício nos ilude, faz com que fiquemos parados, esperando que o objeto que estou viciado me faça feliz, que tire quaisquer sentimento ruim que eu tenha. Estar perto daquela pessoa que estamos viciados, nos faz muito bem, e quando estamos longe acaba criando uma sensação de abstinência. Então, eu posso concluir que estou junto daquela pessoa apenas para saciar as minhas necessidades, e não porque eu realmente gosto de estar perto dela? Será que podemos chamar isso de amor?

Quantas pessoas agem como vampiros, que sugam o outro no que precisam, e depois de saciados, resolver sair da vida sem mais nem menos? Será que você um dia já fez ou sentiu isso?

Não se iludam, o outro poderá te proporcionar momentos que juntos serão felizes, mas nada vale se você não estiver feliz, ou seja, a sua felicidade está dentro de você, e não nos seus vícios. Você será mais feliz, quando proporcionalmente você tiver menos vícios na sua vida, comece pela sua independência em relação ao seu companheiro, contribua para o relacionamento, e não somente fique sugando sem retribuir nada de volta.

Não devemos agir ou enxergar os nossos relacionamentos como uma droga, que me satisfaz, elevando a minha auto-estima unicamente, mas também uma oportunidade de crescimento para o resto de sua vida, algo que acrescente para a sua pessoa, e não uma “coisa” que te destrua, mas que ao mesmo tempo sacie todas as suas necessidades, que por sinal são ilusórias.

Uma ótima semana!!

21 pensamentos sobre “Você está viciado em alguém?

  1. Excelente artigo! Muito obrigado. Casou perfeitamente com o momento em que vivo agora, de grande vício em uma pessoa. Já me sinto até mais liberto.

    Só gostaria que desenvolvesse mais (aqui ou em outro artigo) o tema que trata destas suas palavras: “À partir do momento que você não precisar de mais ninguém para te suprir isso (de uma maneira muito influente na sua vida), você conseguirá ser livre”.

    Como suprir o vício em nós mesmos, como trabalhar isso, essa fraqueza que nos remói e nos leva a se socorrer de outros, terceirizando nossa liberdade?

    Grande abraço.

  2. estou viciada, nao pq sou inferior, mas porque somos muito parecidos, a pessoa que mais posso compartilhar gostos e afinidades, e o dia a dia é delicioso, sempre com muita paixão, o admiro, e nos vejo no mesmo nivel de evolução o que é raríssimo, mas essa pessoa nao me quer mais, meu vicio por ele o sufocou. Juntamente com o grande medo que eu tinha de perde-lo me tornei controladora, isso foi o afastando, estou arrasada, parece que nunca mais vou ser feliz como fui com ele, acordo e durmo pensando, e me pego chorando mais de 15x por dia, as vezes acho que vou pirar, ou acabar fazendo uma besteira, mas nao tenho ninguem pra conversar, todos meus amigos e familia nao conseguem compreender afundo isso… e tambem me sinto envergonhada de contar, fico no fundo so torcendo que os dias passem e ele perceba que me ama e volte pra mim… mas caio em prantos quanto vejo que pode ser só uma ilusão.

  3. Nossa vivo exatamente isso…uma relação de vicio….ta dificil. ..mas esse texto me ajudou a ver a questão com outros olhos..e assim mudar algumas atitudes minhas…me libertar… abs

  4. Olá Fernanda,
    Se afastar pode ser uma solução emergencial para o problema, pois que não vemos mais o “problema” que nos cria um sintoma ruim, fica mais fácil tratarmos sobre o problema, assim como um viciado em algum tipo de droga faz, ao se internar em alguma clínica para tratar o vício.
    Mas precisamos após passar por esse período longe da “droga” que estamos viciados, fazer um tratamento para que não nos viciemos em algo novo, ou no caso, em uma outra pessoa. Procure uma terapia para que na próxima relação que venha ter, você não se vicie novamente.
    Obrigado pelo comentário!
    Abraço

  5. Olá Luciana,
    Lembre-se de que Deus está dentro de nós, ou seja, a solução está em nós nos suprirmos das necessidades que buscamos nos outros.
    Obrigado pelo seu comentário!
    Abraço

  6. Olá Luana,
    Sim Luana, nas maiorias das vezes nós sabemos o motivo de estar agindo dessa maneira com a nossa relação com outra pessoa.
    Que bom que tomou uma decisão na sua vida, com o intuito de melhorá-la! Parabéns!
    Obrigado pelo comentário e abraços.

  7. Olá Renato.
    Lembre-se que somos viciados em segurança (se sentir amado, querido, cuidado…) e reconhecimento (por estar com alguém que tenha de alguma forma um “status” social, ou que te bajule bastante…). Temos que nos sentir seguros e nos reconhecer, e não depender que os outros sejam objetos para tal fim. Veja em você o que está mais carente (segurança ou reconhecimento?), e trabalhe isso em terapia, ou da forma que for melhor para você. À partir do momento que você não precisar de mais ninguém para te suprir isso (de uma maneira muito influente na sua vida), você conseguirá ser livre.
    Obrigado pelo sua comentário.
    Abraço

  8. Acho que todas relacoes sao 50% , Cada um tem 50% de culpa. No caso do vicio tb, o viciado e o viciante. Nada adianta se afastar do vicio se vc mesmo nao tratar seu problema, vai acabar achando outro vicio pra compensar. Acredito que se afastar eh importante , mas ficar sozinho por um tempo e se tratar também é. Afinal se vc esta com uma pessoa, ela te faz mal., vc teve uma parcela de culpa nisso , pq vc deixou acontecer. Assunmir a culpa é o primeiro passo e se perdoar o segundo. Regina.

  9. Renato, a melhor maneira de se livrar do vício em alguém, é definitivamente se afastar da pessoa.
    Eu já fui viciada em uma pessoa, quando me afastei sofri horrores, pensei que fosse morrer, me revoltei (como uma abstinência mesmo). E o tempo passou…hoje já faz 7 meses que não a vejo, ainda sinto a falta…mas não me desespero mais. Passou aquele desespero, e com certeza sou alguém bem melhor hoje.
    Se afaste, definitivamente. É como com as drogas, somente se afastando de vez, se livrará dela.
    É difícil, muito difícil, mas não é impossível.
    Eu consegui, e se quiser, também conseguirá.
    Abraços.

  10. Estar viciado em alguém é não bom, a gente tem consciência do vício quer de livrar mas não sabe como. É uma luta constante, você se você buscando no outro aquilo que te faltou, quando na verdade essa busca deve ser em você. Depender só de Deus!

  11. o pior é q vc sabe Renato,,,, pode parecer estranho, pois ouvi a mesma coisa da minha psicóloga, e hj vi q ela tinha razão, e descobri q estava com um vampiro há 2 anos e tomei coragem e mandei-o embora da minha vida.
    N sei s é o seu caso.

  12. Sugiro que você procure uma terapia , ninguém está livre de se viciar em alguém e acabar transformando em uma coisa doentia, dependente, no final gerando um sentimento muito ruim.

  13. Estava desesperadamente procurando por algo assim, pena que o artigo só explica e não ajuda em como combater esse vício que temos de alguém. Ando viciado em uma pessoa e só tenho paz quando estou com ela, e agora sei que isso é ruim. Tento cuidar dos meus sentimentos e pensamentos, mas é mais forte e ficon incontrolável longe dela. Estou viciado e preciso me livrar tanto da pessoa quanto desse sentimento que me destrói. Só não sei como.

Escreva aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s